O pássaro sedento é um exemplo de motor térmico, em que uma diferença de temperaturas é convertida em movimento.

O pássaro é constituido por duas bolas de vidro ligadas por um tubo fino também de vidro e no seu interior foi colocado éter que é muito volátil.
Esse conjunto está suspenso sobre um eixo que passa aproximadamente pelo centro de massa.
A cabeça do pássaro é coberta por feltro e quando é molhada com água, esta ao evaporar-se, arrefece o vapor de éter no interior da cabeça do pássaro. A pressão diminui, aumenta a coluna de éter no tubo e o centro de massa move-se  para cima e inclina o pássaro, que molha o bico novamente e o ciclo repete-se.
publicado por projecto-ver às 23:41